Tia Cotinha: Eu não sou homófoba!


Mais uma reunião do chá da tarde.
Como sempre,fofocas,discussões,novidades,
mas eu gosto.Passo horas interessantes com
as minhas amigas.
Lá estavam, Lili(Boca de caçapa),Gerturdes
(Gêgê),Vivi,cujo nome de batismo ela tem
verdadeiro horror:Vitorina.
Cleonice, a Clê, como sempre, chegou
"estressada".
Madalena, outra que tem horror ao seu nome,
só atende por Lênna (com dois enes), loira
segundo ela, legitima.Claro graças á Loreal.
Oito casamentos e viuva por três vezes!
Norminha, chegou afobada como sempre.
Fêz tanta plástica, que o umbigo tá no meio
dos seios.
Foi a Lili que começou.
-Meninas tenho uma bomba, bomba mesmo,
gritou com sua voz aguda.Olhem é sobre duas
familias riquissimasssss de Santos.
Me contaram no bingo beneficente, em prol
dos "Maiores Abandonados".
Nem sei como começar...
Pelo inicio sua boba,tascou Lênna!
-Então tá, uma filha de uma familia
poderosa, mesmo casada e com filhos, resolveu
assumir seu lado sapatão.
Nossaaaaaaa, gritou a Clê.
-Tasquei em cima:"quéquéisso minha gente".
Verdade.Apesar que, dizem que desde menina já
"chuteirava".E na empresa da familia, só dava em
cima da mulherada.O marido deu o golpe do baú,
mas ele também não é chegado.Tem horror de aranha.
MuDeus,Gêge colocou com sua voz anasalada.
Mas conta mais, vai...Bem agora arrumou uma
namorada,também conhecida da nossa sociedade
(pigarreou).Assumidonas.
-Nossa cada uma né,comentou Vitorina,ops ou
melhor Vivi!
Agora sabe cumé, cada um na sua, completou
soltando uma sonora gargalhada. Norminha
interrompeu, afobada como sempre e foi
logo pedindo...e a outra Lili, conta logo.
-Bem,a outra é de uma familia, talvez mais
riquissimaaaa....mas aí é ele.Foi criado, tipo
assim: com mãe muito "severa" e pai mais ainda.
A mãe sempre ensinou "prendas" domésticas aos
seus dois filhos.O mais novo, logo se revelou
interessado, em crochê,rendas,bordados e quitutes
lá da terrinha.
Cresceram assim.Logo trataram de casar os dois.
Sim, mas como casou, indagou Lênna.
-Bem a mãe, escolheu uma bonita menina prá ele.
Não era galinhosa,como certas amigas aqui.
Êpa olha o respeito, gritou Gêgê!
Intervi antes que pegasse fogo, meninas deixa a
Lili contar...
-Tá bom, a menina aos olhos da mãe do rapaz, era
tipo assim:comportadissima, só andava com meninas,
portanto era a mulher ideal pro seu filhinho.
Logo se entenderam e se completavam.
Ele fazia dôces deliciosos,tricô e ela jogava game
e sinuca com as amigas.
-Nossa como está este mundo, lamentou a Clê.
-É tá muito mudado, no meu tempo só tinha dois
sexos e a gente gostava muito,completei.
Mas Lili, termina logo, estou louca prá
saber o final da fofoca.Calma Norminha.
-Eles casaram,tiveram um filho e ela foi tomar
conta de uma das emprêsas do sogro.
Levou prá lá a namorada e umas amigas.
Mas a familia sabia,perguntou Lênna.
Eu acho que sim, né meninas.
Mas a coisa pegou, porquê ela deu um carrão
prá namorada.Carissimo.Os sogros acharam que
assim era demais.
Nossa,cuz credo, falou com os olhos arregalados a
Norminha.
-Deixa terminar.A nora resolveu peitar e ameaçou
contar tudo.Aí, reunião de familia,e tudo resolvido.
Fica como está, só com mais discreção, pediu o sogro,
homem de negócios e cabeça no lugar.
Ele, o "marida", por sua vez, se diverte com seus
"migos" nas danceterias.Completou com voz irônica.
Assim meninas, contei!
-Nossa sapatão e viado, que coisa feia, disse com voz
indignada a Lênna.
-Retruquei na hora: você é homófoba!
-Eu sou o quê ? Eu nunca dei minha bunda não,
dona Cotinha!!!
-Calma Lênna, pediu a Lili.Homófoba é quem tem mêdo
de ficar presa em elevador.Nada de bunda,aliás você
não tem nem prá dar, né queridaaaa.
Olha quem fala gritou a Gêgê.
Você é mais reta que tábua de passar.
Meninas,meninas, muita calma nessas horas, gritou a
Norminha.Eu sei o que é, vou explicar.
O meu cabeleireiro, o Lulu me disse que homófoba é
quem tem "raivinha" de bicha e sapatona.E o Lulu sabe,
pois ele é do ramo.
-As meninas acalmaram e resolveram traçar o bolo de
cenoura com chocolate e chá de camomila.
-Comi um "tiquinho" só, pois quero pôr meu bikini em
mais um verão.
-Bem meninas preciso ir.Está na hora de eu dar uma
passadinha na academia,prá ver aquele Apolo lindo,
de olhos verdes...ai ai..
-Peraí Cotinha,moreno,malhadinho,olhos verdes,camiseta
e shortinho bem justinho...
-Esse mesmo!
-Cotinha é o Luizinho!Aquilo é uma bichoooonaaa....
-Não tem problema não Lili, não sou homófoba!


PS.:Tia Cotinha(idade indeterminada,mas bem acima de 70),
posta por gentileza,do autor deste blogg.