Robinho fracasso e decepção, está de volta.















Robinho está de volta ao Santos,de onde saiu
pela porta dos fundos (lembram disso ?) e agora
entra pela porta principal.
No entanto a afirmação de se tornar o maior
jogador do mundo,ao ser vendido ao Real de
Madrid,a pêso de ouro (onde foi parar o ouro ?),
não chegou a ser um sonho do jogador e sim uma
jogada de marketing de seu empresário.
Os mais atentos torcedores e jornalistas
descompromissados com procuradores e empresários,
cautelosamente não esperavam grandes atuações
de Robinho. Acertaram.
Robinho nunca foi no Santos um jogador regular
em suas atuações.As pedaladas,jogadas de efeito
que qualquer muleke de várzea faz, são antigas
no futebol.Só isto não basta para ser um craque.

-Na P.Santista, Didi cujo apelido era "Didi
pedalada",fazia malabarismos bem mais completos.
Não havia delirio da pequena torcida "lusitana".
Anos 80 o futebol era bem mais rico em jogadas
clássicas e de efeito.Didi Pedalada, jogou no
Palmeiras,no México e clubes do interior de
São Paulo.-

Não se pode creditar a Robinho o titulo de "rei
das pedaladas",no máximo "principe"e olhe lá.
No Santos será a estrela solitária e não vai
dividir com nenhum outro jogador os holofotes.

O contrato de seis meses,dará oportunidade
de mostrar que é um bom jogador e quem sabe
voltar a ser convocado para a seleção e
disputar a Copa do Mundo.Será uma tarefa quase
impossivel.
A boa forma de Luiz Fabiano, Alexandre Pato,
Fred,Adriano,Nilmar,Diego Tardelli,Ronaldinho
Gaucho (voltou a jogar bem) e quem sabe,Diego
Souza e até mesmo Vagner Love.
Parada durissima pela frente.
A não ser que Dunga, seja pressionado a levar
os "já conhecidos".

Humildade é necessário,além de muita dedicação
nos treinamentos.Terá que jogar para o time e
não repetir os erros no Real e Manchester City.
Pedia a bola aos companheiros,fazia peripécias
e não devolvia.Não jogava para o time.
Os companheiros do Real não suportavam mais
seu estrelismo e individualismo.
Pediu para sair!
Acreditem forçou a barra para sair do maior e
talvez o melhor time do mundo.
Os dirigentes espanhóis não acreditavam,isto
nunca aconteceu no Real.Mas já que ele quer
sair,que saia, mas que paguem pelo prejuizo.
Seu empresário,bom marketeiro,tentou colocá-lo
no Chelsea.Não o quiseram.Só Felipão o queria.
Jornalistas ingleses,publicaram que este foi
um dos motivos da saída do treinador brasileiro.
O Manchester City,agora propriedade de um mega
milionário árabe, estava comprando no mercado.
Robinho foi vendido finalmente.
Mais uma grande oportunidade de provar que é
um bom jogador.Não deu certo.O técnico levou a
culpa e foi demitido.Contrataram o italiano e
competente Roberto Mancini.
Tentou,testou Robinho em várias posições no
ataque e exigiu que jogasse para o time.
Não correspondeu.Nem sombra para o Tevez, que
acabou se consagrando como o grande jogador do
City.
Sem chances no time inglês,volta quem sabe para
renascer das cinzas.
Antes do Santos,seu empresário tentou sem sucesso,
vender Robinho para o Barcelona.
O presidente do Barça desmentiu qualquer interesse.
Forçou a barra tanto,que os jogadores liderados
por Xavi,Messi e Ibrahimovic,pediram ao técnico
Guardiola para vetar a contratação.Guardiola,
tranquilizou o elenco,afirmando que não havia
interesse na contratação.
Por ultimo tentaram o Benfica.A direção do clube,
negou qualquer interesse.

Só restava mesmo o Santos.
O Manchester City,negou-se a pagar a metade dos
salários do jogador.
O Santos tenta se virar para arrumar patrocinio.
Não vai ser fácil.Muito dinheiro e pouco futebol.
Fora de campo,não é uma boa recomendação.

Robinho nunca chegou a figurar entre os 10
melhores jogadores apontados pela Fifa.
Fracassou e não pode acusar os clubes de serem
pequenos,sem estrutura, que não pagam em dia,
perseguição de técnicos,saudades do feijão lá
de casa, a lingua e os costumes e cultura dos
povos espanhóis e ingleses nada tem a ver comigo.
Estranhei o clima e nunca imaginei viver no frio...
Não há mais desculpas.Robinho só tem saído pela
porta dos fundos.

Fracasso total!A maior decepção do futebol,
segundo os jornais europeus.
Os jornalistas brasileiros "independentes de
empresários",concordam.
O tempo passou e Robinho hoje tem 26 anos.
Neymar e Paulo Henrique Ganso,os atuais Meninos
da Vila,devem mirar-se em ídolos como o veterano
Giovanni,por exemplo.
Pois extra-campo Robinho não é o melhor a ser
seguido.
Voltar para a Europa,vai ser difícil.
Boa sorte a Robinho.O futebol está cheio de
estórias com triste final.